Postagens

Mostrando postagens de Setembro 8, 2017

Amor de Gabriela

Imagem
Por Rafael Kafka


Em tempos nos quais homens falarem de mulheres empoderadas soa mais como uma forma de conquista do que de militância sincera, a literatura nos mostra ser possível se sentir parte do gênero masculino e ainda assim ter sensibilidade suficiente para se expressar as idiossincrasias de pessoas do outro gênero. Isso se dá por uma soma de fatores de consciência que levam o indivíduo a ter plena noção das dimensões humanas que o rodeiam, indo além das facetas impostas pela sociedade patriarcal na qual reside.
Nesse sentido, uma curiosa coincidência: comecei a ler tardiamente as obras de Jorge Amado motivado pelos diários de José Saramago – outro exímio escritor a falar da condição feminina – nos quais o escritor português fala com profundo carinho do amigo além-mar. Decidi-me então a pegar o livro mais famoso do escritor, uma forma segura de entrar no universo de escrita de determinado indivíduo e fiquei bastante contente com o que me deparei.
Na verdade, por mais que a bela …