Postagens

Mostrando postagens de Julho 5, 2017

Thomas Hardy: poeta e romancista

Imagem
Por Christopher Domínguez Michael



São diversos os poetas que abandonam, total e parcialmente, a poesia pelo romance, seja porque a primeira forma literária é a da juventude por antonomásia ou porque as cordas da lira, arte maior, se rompem facilmente. Faulkner publicou seu primeiro livro de poesia – Vision in Spring [Visão na Primavera] – em 1921, isto é, muito antes de ser romancista, o mesmo fizeram Marcel Proust, Oscar Wilde, José Lezama Lima, Álvaro Mutis, Blaise Cendrars e muitos outros de nossos contemporâneos para quem a poesia não lhes dão, muitas vezes, o reconhecimento ou o dinheiro, real ou imaginado, dado pelo romance, o que está longe de ser um escândalo pois a literatura é, também, uma profissão.
Outros, além da poesia, exerceram formas diversas da prosa, como Rainer Maria Rilke, sem abandonar o sacerdócio de poeta, e alguns, como D. H. Lawrence, prosadores, intercalaram sua carreira de escrita de romances com a escrita de poemas.
Há casos diferentes, os de poetas que c…