Postagens

Mostrando postagens de Junho 12, 2017

Juan Goytisolo em seu amargo final

Imagem
Por Francisco Peregil


Há três anos Juan Goytisolo contava apenas com poucas condições para subsistir. Era impossível custear os estudos de seus três afilhados, algo que havia se convertido na razão de sua vida. Faltavam-lhe as forças para escrever uma grande obra e em abril de 2014 escreveu a seguinte declaração: “Minha decisão de recorrer à eutanásia a fim de não prolongar inutilmente meus dias obedece a razões éticas de índole pessoal. Desaparecida a libido e com ela a escrita, comprovo que já disse o que tinha de dizer. Tampouco meu corpo dá para mais. Cada dia constato sua deterioração e antes que esse declínio afete minha capacidade cognitiva prefiro antecipar minha ruína e despedir-me da vida com dignidade”. E continuava: “A outra razão da eutanásia é a de assegurar o futuro dos três meninos cuja educação assumo. Parece-me indecente gastar de maneira errada os recursos limitados que disponho, e que diminuem diariamente, em tratamentos médicos custosos ao invés de destinar este d…