Postagens

Mostrando postagens de Abril 4, 2017

Escritores narcisistas

Imagem
Por Andrea Aguilar


Extrema sensibilidade e considerável fragilidade, certo vampirismo, algo de vaidade – pouco ou muita dissimulação –, o convencimento de que o que alguém sente ou percebe é único, e um considerável egoísmo são características comuns no comportamento criativo. Os grandes artistas – divos e divas, mestres – não são necessariamente boas pessoas, mas são, inevitavelmente, narcisistas? A crítica Gayatri Spivak aponta: “A possibilidade do sucesso artístico é particularmente sedutora para o narcisista pela construção social do gênio. A ideia de gênio captura a quintessência do narcisismo; alguém que foi tocado pelos deuses e que sem esforço pode alcançar grandes coisas”.
Lancemos o debate e concentremos a questão no plano literário. Não faltam as vozes que encontram na autoficção um claro reflexo da onda atual do eu. Os seis volumes do romance Minha luta, em que o escritor norueguês Karl Ove Knausgård assume o papel de protagonista e expõe sua vida com intenso detalhe, são …