Postagens

Mostrando postagens de Novembro 23, 2016

André Gide

Imagem
Nasceu em Paris, em 1869. A primeira memória de André Gide é a de uma mesa de jantar coberta com uma toalha que chegava até o chão. Com o filho da porteira, da mesma idade que a sua, que ia todos os dias lhe buscar, deslizava entre aqueles panos e ambos agitavam ruidosamente alguns brinquedos, num jogo de esconde-esconde e outras brincadeiras infantis, que segundo soube depois eram maus costumes. Tinha então cinco anos e foi seu primeiro simulacro. Era um menino mimado, muito tímido, filho único de um renomado professor de Direito, que morreu quando André tinha 11 anos. Nessa idade veio abaixo a obsessiva proteção de sua afortunada mãe, Juliette Rondeaux, que, apesar de tudo, o educou numa elegante austeridade, como uma forma de querer seduzi-lo eternamente, visto que até o fim de seus dias cercou o escritor de mimos e conselhos ininterruptos com atitudes, pensamentos, certos gostos, livros e roupas como se nunca tivesse crescido.
A babá o levava aos jardins de Luxemburgo, muito próx…