sábado, 22 de outubro de 2016

Boletim Letras 360º #189

Cecilia Meireles. Toda a obra da poeta será editada em 2017. Mais detalhes ao longo deste Boletim.

Falta menos de um mês para encerrarmos as inscrições para a promoção sobre os dez anos do Letras. Saiba todos os detalhes e não fique de fora aqui. Entre os brindes estão todos os livros do Valter Hugo Mãe publicados em 2016 pela Biblioteca Azul (incluindo o novo romance) mais a edição lindíssima com a obra completa (e inéditos) do Raduan Nassar publicada pela Companhia das Letras.

Segunda-feira, 17/10

>>> Brasil: A poesia de Noémia de Sousa

Sai pela editora Kapulana uma edição com a obra poética da chamada de "mãe dos poetas moçambicanos". É a primeira vez que a obra da poeta é publicada no Brasil. Sangue negro, que é produto raro mesmo em seu país, onde só teve duas edições, após a morte da autora reúne poemas que circularam na imprensa e em fotocópias.

>>> Brasil: Os oitenta anos de Moacyr Scliar

As celebrações começam em março de 2017, mês de aniversário do escritor. Judith Scliar, a companheira do escritor, prepara comemorações que devem se estender ao longo do ano, com debates, uma mostra fotográfica e uma de cinema, com filmes inspirados na obra do autor. Há quatro lançamentos no prelo. A L&PM lança um livro com crônicas de Scliar sobre assuntos médicos, além de relançar Histórias de Porto Alegre e Histórias que os Jornais Não Contam. Já a Companhia das Letras publicará um volume de crônicas judaicas, além de relança de Do Éden ao Divã.

Terça-feira, 18/10

>>> Brasil: Duas edições com cartas Caio Fernando Abreu

As primeiras estarão na reedição de Cartas, organizada por Ítalo Moriconi, pela e-galáxia, em novembro. À edição original, de 2003, o crítico literário somou algumas cartas enviadas ao ator Marcos Breda. O segundo grupo, com cerca de 20 cartas enviadas por Caio a Hilda Hilst (cf. anunciamos há algumas semanas), chega às livrarias pela José Olympio, com organização de Paula Dip. Esta edição trará um mapa astral dele que a organizadora guardou entre seus arquivos.

>>> Brasil: Outra edição de luxo para O quinze, de Rachel de Queiroz

Em menos de um ano, a José Olympio investe noutra roupagem para uma edição de luxo para a obra máxima da escritora cearense; o livro vem com novos caderno de imagens, glossário, fortuna crítica e cronologia. Publicado originalmente em 1930, O quinze foi o primeiro e mais popular romance de Rachel de Queiroz. Ao narrar as histórias de Conceição, Vicente e a saga do vaqueiro Chico Bento e sua família, Rachel expõe de maneira única e original o drama causado pela história seca de 1915, que assolou o Nordeste brasileiro, sem perder de vista os dilemas humanos universais, que fazem desse livro um clássico de nossa literatura.

>>> Brasil: A Companhia das Letras anuncia que adquiriu os direitos do livro de letras de Bob Dylan

O livro The Lyrics 1961-2012, publicado pela Simon & Schuster em 2012 e revisto em 2014, reúne todas as letras do músico americano compostas para seus trinta e três álbuns, apresentando também algumas variações que as letras tiveram em diferentes versões. A edição e a introdução foram feitas por Christopher Ricks, que editou livros de T.S. Eliot, Samuel Beckett e The Oxford Book of English Verse. No Brasil, The Lyrics ganhará uma edição bilíngue e será dividido em dois volumes. O primeiro sai em 2017. André Conti, que editou Like a rolling stone, de Greil Marcus, uma biografia da canção que originou o título do livro, lançada pela Companhia das Letras em 2010, é quem editará o livro.  Já a Planeta de Livros Brasil editará mais dois livros. Em 2017, sai Tarântula, único romance de Dylan; uma prosa poética experimental que foi editada por aqui em 1986, pela Brasiliense. E no mês que vem sai uma nova edição de Crônicas – Volume 1, também há muito fora de catálogo.

Quarta-feira, 19/10

>>> Brasil: A Global Editora publicará a poesia completa de Cecília Meireles

Depois de relançar em volumes separados a obra da poeta, sai no primeiro semestre de 2017, sua poesia completa. Será uma caixa com dois volumes. A coordenação do projeto é de André Seffrin, também responsável pelo estabelecimento do texto, e a obra terá ainda um texto de apresentação de Alberto da Costa e Silva, especialmente escrito para a edição.

>>> Portugal: A edição n.53 da revista Blimunda, mensário da Fundação José Saramago já está disponível aos leitores

Em destaque uma crônica de José Saramago publicada em 14 de dezembro de 1990 na revista O Ribatejo: "O Planeta dos Macacos". E mais: a visita ao encontro literário “Poesia, um dia”, que desde 2012 promove o diálogo com a poesia no belo cenário natural de Vila Velha de Ródão; uma conversa com a criadora da editora editora Chão da Feira, Maria Carolina Fenati; , criadora do selo com um pé no Brasil e outro em Portugal. Essas e outras novidades aqui.

Quinta-feira, 20 de outubro

>>> Brasil: O processo do Tenente Ieláguin", de Ivan Búnin, e a última tradução de Boris Schnaiderman

Trata-se de um romance breve, escrito no exílio do autor, que, contrário aos bolcheviques, deixou a Rússia em 1918. O livro conta a trágica história de amor entre a bela dama Sosnóvskaia e seu assassino, o militar nomeado no título, a partir do processo do crime. A obra toma como ponto de partida um episódio que abalou a Rússia no verão de 1890: o caso de amor entre a atriz polonesa Maria Wisnowska e o jovem militar russo Aleksandr Bartenev, que resultou num assassinato com insólitas revelações. Escrito em 1925, "O processo do tenente Ieláguin" impressiona pela intensidade com que seu autor articula as vozes presentes no julgamento do protagonista para compor uma narrativa excepcional, formada por múltiplas camadas, nas quais verdade e ilusão se alternam em ritmo arrebatador. Com um pé na grande tradição do realismo russo e outro nos experimentos da modernidade, Búnin se distingue por uma prosa sensível e de alta voltagem poética.

>>> Estados Unidos: Um livro inédito de J.R.R. Tolkien será publicado em 2017

Beren and Lúthien, história de amor entre o mortal Beren e a imortal elfa Lúthien será compilada e editada por Christopher Tolkien, filho de Tolkien, e ilustrada por Alan Lee. A obra, que tem data de lançamento nos EEUU prevista para maio de 2017, reunirá diversas versões da lenda espalhadas pelos doze volumes da série "The History of Middle-earth", publicado de 1983 a 1996, que compila e analisa o material relativo à obra do autor inglês. O romance de Lúthien com Beren é uma das histórias mais marcantes do Silmarillion e se passa durante a Primeira Era. A relevância da lenda perdura até a Guerra do Anel, ao fim da Terceira Era e é relembrada por personagens como Aragorn. Beren and Lúthien será publicada 100 anos após o marcante encontro entre Tolkien e sua mulher Edith nos campos de East Yorkshire, em um evento que inspirou o autor a criar a lenda do amor proibido entre o mortal e a elfa. A história é tão importante para Tolkien que os nomes dos personagens estão encravados na lápide compartilhada entre ele e Edith no cemitério de Wolvercote, em Oxford.

Sexta-feira, 21/10

>>> Brasil: A lua vem da Ásia, romance emblemático de Campos de Carvalho (1916-1998), marca a reedição da obra do escritor

O livro completa agora 60 anos e sai pela Autêntica Editora porque permanece atual, vibrante, único. Trata-se, segundo descreve Noel Arantes de uma "obra-prima da literatura brasileira" porque "ousou ser diferente num momento em que ser diferente era muito mais difícil. Surrealismo, humor nonsense, rebeldia, combate à hipocrisia e ao establishment são seus principais ingredientes". A narrativa de A lua... é uma pseudobiografia em forma de diário que abriga as reminiscências de um herói bufão morador num hotel com um quê de claustro burlesco.

>>> Brasil: Novo livro de John Banville, O violão azul

A tradução de Cássio de Arantes Leite sai pela Biblioteca Azul. O enredo do romance se constrói em torno de Oliver Otway Orme, homem entre duas artes: a da pintura e a do roubo. Na primeira, tem até algum renome enquanto a segunda é sempre exercida em segredo, pelo menos enquanto seu alvo forem apenas os pequenos objetos. Ao subtrair do melhor amigo algo muito mais precioso — sua mulher —, seus dias de criminoso perfeito ficam por um fio.

>>> Brasil: Uma introdução à obra poética de Fernando Pessoa

A Editora Nova Fronteira visita a vasta produção do poeta português e reúne em dois volumes numa caixa. A obra contempla os poemas escritos por Pessoa como ele mesmo e seus heterônimos Alberto Caeiro, Recardo Reis e Álvaro de Campos, além da produção poética do autor em língua estrangeira e de algumas de suas traduções.

.........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+InstagramFlipboard