Postagens

Mostrando postagens de Setembro 9, 2016

Romantismo e adultério em O primo Basílio

Imagem
Por Rafael Kafka


Luísa – a personagem central de O primo Basílio, grande romance realista português – é um ser que tenta transformar a realidade vivida por ela naquilo que lê nos livros cheios de peripécias românticas os quais chegam as suas mãos. Esse é o principal motivo a justificar o amor pelo primo que ressurge em sua vida depois de tantos anos do rompimento do relacionamento havido entre eles, o qual chegou ao fim por conta da viagem do jovem Basílio para o Brasil. A arte na vida de Luísa serve como complemento de uma realidade repleta de convenções e a partida do marido para uma viagem a negócios – Jorge, o marido, é engenheiro de minas – é o convite perfeito à aventura a coincidir com o retorno do ex-amante e primo.
Em partes avançadas da história, quando se embrenha em amores com Basílio, serão constantes as referências aos livros lidos e ao clima de romantismo que neles impera. Luísa é a personificação do ideal romântico burguês, sendo a antítese do ser convencionalizado o q…