Postagens

Mostrando postagens de Maio 23, 2016

Breve história de um fantasma

Imagem
Por Gustavo Arango


O amor nos tempos do cólera é o romance de Gabriel García Márquez que melhor reflete sua relação com Cartagena das Índias: como na história de Florentino e Fermina, o amor do escritor pela cidade abarcou quase toda sua vida; teve lugar em cenários de lendas; seu início foi promissor, mas houve desencontros; a entrega dos amantes tardou mais de meio século; e, igual Florentino, García Márquez “se propôs ganhar fama e fortuna para merecê-la”.
O idílio começou em abril de 1948. Gabito, como então era chamado, tinha vinte e um anos e acabava de fugir do Bogotazo – uma série de protestos e desordens que surgiram após o assassinato do líder liberal e candidato a presidente Jorge Eliécer Gaitán em 9 de abril de 1948 no centro de Bogotá, durante o governo do Presidente Mariano Ospina Pérez. Chegava a Cartagena para fazer seus estudos de Direito e o impacto foi imediato: “A cidade era tão charmosa que parecia de mentira”. Os fantasmas deambulavam pelas ruas. Muito pouco havia…