Postagens

Mostrando postagens de Março 8, 2016

A gênese de Truman Capote

Imagem
Tem dois anos. Sua mãe vai a uma festa e o deixa trancado num quarto de hotel com a única companhia do próprio choro. Aí está; essa parece ser a semente da qual germinará o Truman Capote literário que aprenderá a ver o que está na escuridão. É o primeiro de um rosário de abandonos e desencantos: o divórcio de sua mãe, Lilie Mae Faulk, quem o envia com quatro anos para morar numa fazenda no Alabama com umas tias. Para sobreviver, aflora no menino o prodígio de aprender a escrever e a ler sozinho e, já desde os nove ou dez anos, muda o pranto por uma voz com a qual começa a produzir em segredo sobre os labirintos da solidão, a marginalidade, a temporalidade e os sentimentos impregnados de orfandade e desconsolo amoroso.
Entre os anos 1970 e 1980 estiveram guardados esses primeiros gritos da voz de Truman Capote cuja edição foi publicada com o título de The early stories.São vinte contos e uma dezena de poemas escritos entre 1953 e 1943, com os quais o autor tentava apagar suas feridas …