Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 18, 2016

O quarto de Jack, de Lenny Abrahamson

Imagem
Por Pedro Fernandes

Vez ou outra é bom meter-se com uma peça de arte sem ter experimentado passar pela necessidade de saber algum maior detalhe sobre ela. Essa experiência no escuro é muito válida por dois motivos: obter uma leitura mais individual sobre o objeto ou passar pelo sentimento da descoberta. Foi isso o que aconteceu com a primeira vez que vi O quarto de Jack. O filme, eu sabia, é uma adaptação do livro com o mesmo título de Emma Donoghue, publicado no Brasil pela Editora Record; e mesmo assim o que eu sabia sobre a obra em tinta e papel era o título e a imagem da capa vista algures no Instagram. Mas não sabia de mais nada.
Quando depois de alguns minutos de desenvolvimento da trama tive a impressão de estar preso num universo forjado pela força criativa de uma criança; imagem que não posso tomar como desfeita, mesmo depois de chegar na outra margem da narrativa. Mas, extremamente sugestivo, o filme de Abrahamson, aos poucos substitui o que poderia ser uma simples história…