Postagens

Mostrando postagens de Setembro 17, 2015

Um grão de trigo, de Ngũgĩ Wa Thiong’o

Imagem
Por Pedro Fernandes


O que mais poderá tocar um leitor na literatura de matriz africana é sua diversidade. Qualquer um que se aventurar ensaiar uma breve incursão que seja por este vasto território logo será tomado por essa impressão. A chegada ao Brasil da obra de Ngũgĩ Wa Thiong’o vem novamente reforçar essa certeza; é supostamente a primeira vez que é publicada por aqui a obra de um escritor do Quênia, ao menos com essa consistência. A entrada das chamadas letras periféricas traz alguns sinais que, se o mercado editorial não terá pensado porque está (infelizmente) mais interessado nos lucros, merecem ser lembrados em ocasiões como estas: a necessidade de formar leitores abertos à recepção de outras culturas e, obviamente, inscrever outras literaturas no chamado cânone literário.
Ao referir-se ao interesse capital do mercado editorial sobre obras como a de Ngũgĩ Wa Thiong’o este texto compreende que elas só chegam aqui porque o autor ultrapassou já uma longa barreira para entrada nu…