Postagens

Mostrando postagens de Junho 10, 2015

Primavera de cão, de Patrick Modiano

Imagem
Por Gilberto Tavares


Depois de ter ganhado o Prêmio Nobel de Literatura em 2014, a obra de Patrick Modiano tem recebido atenção no Brasil. E nem devia. A obra do francês é naturalmente singular que dispensaria a honraria para chegar por aqui uma merecida tradução. A Editora Rocco reeditou a Trilogia da Ocupação composta de Dora Bruder, Ronda da noite e Uma rua de Roma e a Editora Record trouxe-nos a trilogia composta de Flores da ruína, Remissão da pena e Primavera de cão. A expectativa que fica para os novos leitores conquistados pelo escritor francês é que essa atenção se perpetue. 
A obra de Modiano é um tanto vasta e por esta pequena amostra é certo que uma obra fascinante. O universo poético do escritor abdica das formas literárias eminentemente prontas e tem tour de force muito próprios, sobretudo, quanto ao tratamento dado à relação literatura e memória, literatura e história e na forma de construção do romance de natureza mais subjetivista. O nos que chama atenção, e essa é um…