Postagens

Mostrando postagens de Março 17, 2015

Desenhos de Jean-Paul Sartre

Imagem
Temos compreendido uma coisa: quem constrói mundos imaginários seja simplesmente por imaginá-los seja para explicar determinantes vividos tem necessidade, uma vez apenas, de materializar isso através de outra grafia que não a da palavra escrita. Raramente não encontramos um escritor que não tenha se dado ao desafio de transcrever em forma de imagem aquilo que é imagem através da escrita.
E, o bom de tudo é depois de largo tempo descobrir esses desenhos, rabiscos, garatujas porque parece ficarmos diante do pensamento em elaboração; ou ainda ficamos em contato com certa maneira de ver-se (pensamos aqui nas quantas caricaturas que o Carlos Drummond de Andrade fez de si), de como escritor imagina aquela personagem ou situação, ou mesmo nos desfazemos de certa imagem sisuda do autor, já que a caligrafia do desenho tem uma dimensão lúdica e despojada, muitas vezes, da seriedade.
Sem falar ainda que, as artes plásticas sempre têm encontrado na literatura um campo muito fértil para sua con…