Postagens

Mostrando postagens de Março 11, 2015

Um ponto final na busca por Cervantes?

Imagem
Não há um esqueleto inteiro. E nunca haverá. Já se passaram quatro séculos desde a morte de Cervantes. Mas, segundo se suspeita, será anunciado em breve a descoberta dos restos mortais do escritor numa ampla pesquisa conduzida por uma equipe de especialistas durante recente exploração de nichos e tumbas na cripta do convento madrileno das religiosas trinitárias (ver esquema abaixo).
Serão revelados, primeiro, que tanto documentalmente como realmente, o cadáver de Cervantes não saiu nunca dos muros do convento; se foi transladado foi de lugar para outro dentro da cripta que antigamente foi a igreja do convento demolida e reedificada entre 1673 e 1690.
Em segundo lugar, mostrará que um fragmento da mandíbula de Cervantes e outros de vários ossos seus foram achados num ataúde assinado com as iniciais de seu nome e a matéria estava imersa entre uma grande quantidade de ossada de crianças, encontrada no primeiro nicho dos 33 explorados pelos investigadores. O número de vestígios ósseos i…