Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 4, 2014

Interestelar, de Christopher Nolan

Imagem
Até então o filme mais recente de ficção científica que terá cumprido um belo retorno à forma terá sido Gravidade, de Alfonso Cuarón. Mas, a nova safra, se assim podemos enumerar, acaba de receber outro título tão ou mais poderoso que o filme do cineasta mexicano. A constatação não é gratuita: Interestelar é a produção mais ambiciosa de Christopher Nolan que traz no currículo outros magistrais feitos como a trilogia O cavaleiro das trevas e A origem.
Um filme extenso e intenso que se apresenta como uma releitura em forma de homenagem a outros clássicos do gênero. Sem ser muito inventivo, mas sem escapar de tentativas bem sucedidas como a ideia de representação dobrada do tempo da ação. O cineasta não terá descoberto os enigmas do tempo que a Física desde Einstein tem se dedicado a explicar, mas conseguiu, certamente, introduzir outras possibilidades de representação através das câmeras. Isso sem cair na ideia de tempo fragmentário ou de trajetória circular. Nolan soltou seus atores n…