Postagens

Mostrando postagens de Novembro 11, 2014

A poesia de Yahya Hassan

Imagem
Por Rut de las Heras Bretín


Yahya Hassan começou a escrever poesia pouco depois de começar a fumar, aos 12 anos. “Está ligado. Não posso escrever sem um cigarro”, diz enquanto se agarra a seu pacote de fumo rapé. Hassan é um jovem poeta filho de pais palestinos; tem 19 anos. Nasceu em Aarhus, na Dinamarca. Isso marcou sua vida e, logo, sua obra. Ainda não dispõe de nenhum livro publicado no Brasil, mas, talvez sua obra não tarde chegar por aqui. Yahya Hassan, um de seus títulos (aliás, o único até agora) que leva o próprio nome do poeta, é um retrato do que foi sua infância e adolescência. Por isso o nome do poeta funde-se ao da obra e vice-versa.
NÓS NÃO TÍNHAMOS CANAIS DINAMARQUESES TÍNHAMOS AL JAZEERA ... NÃO TÍNHAMOS PLANOS PORQUE ALÁ TINHA PLANOS PARA NÓS
... CADA NOITE DEPOIS DA CENA REZÁVAMOS REZÁVAMOS ATÉ QUE AS PERNAS NÃO NOS SUSTENTASSEM
Um conjunto de 150 poemas escritos em letra maiúscula e sem sinais de pontuação por um simples motivo: “As minúsculas têm uma aparência bo…