Postagens

Mostrando postagens de Agosto 27, 2014

Bertolt Brecht vai ao tribunal

Imagem
Poeta, dramaturgo e teórico, Bertolt Brecht autor de obras famosas como Ópera dos três vinténs (1928) e Mãe coragem e seus filhos (1938) nunca negou ser um marxista comprometido. Propôs um novo teatro para quebrar o que via como confortável às convenções da classe média, tanto o drama trágico como o realista. Sua teoria do teatro épico subjacente à sua prática firmou-se como uma tentativa de chocar o público complacente com o que chamou de Verfremdungseffekt (estranhamento ou efeito de distanciamento).
A enorme influência de Brecht é sentido não só na Europa, mas também fora do continente, como nos Estados Unidos, onde se estabeleceu por um tempo curto, juntamente com muitos outros artistas e intelectuais alemães que fugiam da perseguição nazista.
Em 1943, colaboraram com Brecht os companheiros também exilados Fritz Lang e o compositor Hanns Eisler para um filme Os carrascos também morrem, seu único roteiro produzido para Hollywood, vagamente baseado no assassinato do número dois d…