Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 9, 2013

É preciso construir gostos ou fazer um livro ser palatável ao gosto do freguês (Parte I)

Imagem
Por Pedro Fernandes


Num país não raras vezes acusado de preguiçoso para a leitura, os 19 mil exemplares já vendidos de Poesia Completa, de Paulo Leminski, rumo aos 100 mil exemplares de O sentimento do mundo, de Carlos Drummond de Andrade, contraria as acusações. O caso pode se repetir conjuntamente com outros escritores menos conhecidos: o que falta, os dois casos estão aí para comprovar, é a preocupação por parte do próprio setor livreiro em acreditar na leitura. Quando falamos em setor livreiro pensamos desde as editoras aos meios mais simples de divulgação como páginas de fãs no Facebook ou blogs menores. Está mais que na hora de rever determinados julgamentos simplórios para pensar na própria máxima do mercado: não há retorno se não há alto investimento. 
Essa observação não é gratuita. Ela nasce a partir das ações que vejo editoras cumprirem quando estão à beira de apresentar ao meio mais uma edição de algum autor Best-Seller. Quando J. K. Rowling, por exemplo, estava escrevendo…