Postagens

Mostrando postagens de Junho 26, 2013

Hemingway censurado e um inédito rejeitado

Imagem
Não é exagero considerar que a Literatura é uma das artes mais censuradas desde sempre. Tanto que, mesmo depois das aberturas democráticas vividas em grande parte pelos países ocidentais, ainda se verifica, vez por outra, um recurso qualquer que tenta coibir a circulação de determinada obra. Ernest Hemingway não está fora dessa estatística. E a censura praticada contra sua literatura não veio de seu país de origem, veio do general espanhol Franco. Os dois tinham entre si um desdém mútuo. Mas Franco, como bom ditador que se preza, levou o desdém para a esfera do desgosto e conseguiu com sua intervenção exterior modificar o roteiro para o filme feito por Hollywood a partir da novela mais espanhola do escritor estadunidense, Por quem os sinos dobram.
A constatação vem de Douglas LaPrade, da University of Texas-Pan American, que estuda há anos a relação de Hemingway com a Espanha. O resultado de suas pesquisas está em alguns livros que foram publicados pela Biblioteca de Estudos Norte-a…