Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 28, 2013

Ciclo de palestras em torno de grandes clássicos da literatura universal

Imagem
Entre março e junho próximos, grandes obras literárias, de escritores como Machado de Assis, Victor Hugo e Dostoiévski são o foco de um ciclo de palestras que ocorre a partir do próximo sábado na biblioteca Mário de Andrade, na região central de São Paulo.
Serão 16 palestras no total que serão conduzidas por professores, tradutores e escritores. O tema do ciclo é o "Romance de formação: caminhos e descaminhos do herói" e tem como curadores os professores Marcus Vinicius Mazzari, professor de teoria literária da Universidade de São Paulo (USP) e Murilo Marcondes de Moura, professor de literatura brasileira da USP. Entendendo que o tema da "formação" indivíduo seja de relevância no âmbito da produção escrita de vários romancistas o ciclo quer pensar e discutir a questão a partir de uma perspectiva histórica e literária.
Foram selecionados “clássicos de primeira linha” e convidados especialistas importantes na leitura das obras que se desdobrarão na missão de oferece…

Musicar Manoel de Barros

Imagem
Não é para qualquer um o trabalho de musicar um poema; há alguns que são gerados para esse fim, há outros que nem tanto, embora seja natural que, com ou sem rima, longo ou curto, o poema seja ‘portador’ de certa musicalidade como se fosse de sua natureza ser um intermédio entre a verbal e o sonoro. Há resultados que não agradam ao ouvido, mas no Brasil, notável é o trabalho de autores como José Miguel Wisnik que tem no currículo a composição a partir de poemas Gregório de Matos, ou Fagner, cantor que já musicou Florbela Espanca, Cecília Meirelles, Ferreira Gullar, ou Caetano Velloso (Fernando Pessoa), ou ainda Adriana Calcanhoto (Augusto de Campos), entre outros.
Agora, o músico Márcio de Camillo, depois de um projeto pedagógico desenhado para trabalhar canções a partir da obra de Manoel de Barros para o público infantil traz a lume um CD organizado só com músicas que são poemas do poeta. Crianceiras teve incentivos do próprio poeta e da filha, Martha Barros, quem compôs as ilustraçõ…