Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 22, 2013

Uma lista de autobiografias indispensáveis (Parte 3)

Imagem
A chegada às livrarias de um livro de natureza muito diversa de Umberto Eco, em que o autor de O nome da rosa volta no tempo para perscrutar o jovem romancista, fez voltarmos a duas listas de livros publicadas em 2008 cujo o gênero aparece definido como autobiográfico. O retorno às duas listas serve para um motivo a mais: ampliar essa biblioteca com outros títulos. Então, depois de Marksim Górki, Gabriel García Márquez, Doris Lessing, J. M. Coetzee, Philip Roth, Simone de Beauvoir, Erico Verissimo, Amós Oz, Vladimir Nabokov, José Saramago (ufa!) tomem nota destes. E relembramos sempre o mesmo recado: esta não é uma lista definitiva, nem um ranking. Asinformações sobre cada livro foram copiadas dos resumos oferecidos pelas editoras que publicaram a obra no Brasil. Comecemos então pelo título do escritor italiano.


1. Confissões de um jovem romancista, de Umberto Eco: antes de se dedicar à ficção Umberto Eco escreveu teoria; foi só quando tinha quase cinquenta anos. E no alto dos seus s…