Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 12, 2013

De Vinicius de Moraes para Rubem Braga

Imagem
Um dos amigos que estiveram mais próximos de Rubem Braga foi Vinicius de Moraes; também como Rubem, o poeta fecha seu primeiro centenário agora em 2013. Foi o cronista, por exemplo, quem escreveu as orelhas para a primeira edição da Antologia poética, de Vinicius, publicada em 1954. Pela ocasião das celebrações dos 100 anos de Braga, selecionamos três ocasiões em que o próprio poeta se rendeu, em sua obra, em homenagens ao cronista: um soneto escrito por ocasião dos 60 anos do amigo, um poema encontrado num postal de Rubem Braga, da Itália, e uma crônica. Acompanham os textos, algumas fotos em que os dois aparecem juntos em diferentes momentos de suas vidas.


Soneto no Sessentenário de Rubem Braga
Itaguá Sessenta anos não são sessenta dias  Nem sessenta minutos, nem segundos...  Não são frações de tempo, são fecundos  Zodíacos, em penas e alegrias. 
São sessenta cometas oriundos  Da infinita galáxia, nas sombrias  Paragens onde Deus resgata mundos  Desse caos sideral de estrelas-guias…