Postagens

Mostrando postagens de Julho 27, 2012

Notas sobre o homenageado da 5ª edição do caderno-revista 7faces

Imagem
Por Pedro Fernandes

“As pessoas só pensam nas coisas materiais. Ficamos presos às necessidades urgentes. Mas isso não dá conta da nossa humanidade, não nos completa como indivíduos e seca a poesia do nosso coração. A poesia nos empurra para uma dimensão além da sobrevivência básica.”

Salgado Maranhão em entrevista ao Jornal O Globo, 15 de julho de 2012.

Não fiz grande esforço para conhecer a obra de Salgado Maranhão; entendam conhecer pelo sentido mínimo possível dessa palavra porque o que tive foi um contato com vários poemas reunidos na antologia A cor da palavra. Esse contato se deu ano passado quando voltei ao campus central da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e numa visita à Biblioteca Padre Sátiro Cavalcanti, como fazia nos tempos de estudante, dei com a edição publicada pela Imago e pela Fundação Biblioteca Nacional. À primeira vista foi uma surpresa descobrir esse nome porque tenho, não poucas vezes, a impressão de que a poesia no Brasil atravessa um elevado grau de…