Postagens

Mostrando postagens de Julho 20, 2012

Fernando Pessoa desfigurado*

Imagem
Todo e qualquer estudo – grande ou pequeno – está suscetível a erros. Ainda mais se o pesquisador for um tanto ganancioso e confiar plenamente nas suas suposições. É sabido que suposições e mentiras quando lapidadas ao extremo volta-se para o seu mentor e passa a atuar como verdade e, pronto, o desastre, depois disso, poderá está feito.
Quando saiu por aqui o catatau Fernando Pessoa – uma quase autobiografia, de José Paulo Cavalcanti Filho, ainda o peguei nas mãos com afoito interesse em comprá-lo. O preço, entretanto, me fez recuar. Depois, estive lendo algumas críticas em que o próprio autor proclamava não sei quantos heterônimos, a revelação de que Fernando Pessoa havia sido homossexual, pelo menos até certo tempo de sua vida e depois havia desistido da ideia; nunca praticou sexo com outros homens, mas algumas atitudes, como patrocinar com próprio custo a edição de materiais de amigos seus homossexuais, como António Botto e Mário de Sá-Carneiro – o primeiro, gay assumido – e ainda …