Postagens

Mostrando postagens de Setembro 26, 2011

Os versos do poeta João Negreiros

Imagem
Por Pedro Fernandes

Um dos nomes escolhidos para a terceira edição do caderno-revista 7faces que será lançada no próximo dia 30 de setembro é o do poeta português João Negreiros.
Ele é hoje um dos poetas mais premiados da cena literária portuguesa. E além do trabalho com poesia escrita, João une o material verbal a encenação teatral da palavra e, numa atitude, um tanto quanto inovadora, põe seus versos em órbita noutros universos, como a leva de vídeopoemas que vai, aos poucos, juntando na web. Incorpora, logo, um entendimento de que a palavra deve romper as quatro linhas do papel e tomar formar em quaisquer espaços até perder-se nos infinitas fronteiras dos bytes. Não vou mentir. Gosto desse trabalho. Ele é assim querido por mim porque estou também pensando naquilo que um conterrâneo português da literatura, o Nobel José Saramago, disse, não uma, mas reiteradas vezes, que a palavra escrita está adormecida e ao ser dita desperta tem um poder outro que foge às suas próprias órbitas de si…