Postagens

Mostrando postagens de Julho 11, 2011

Os filmes de Fernando Pessoa

Imagem
Já não é possível chamar Fernando Pessoa apenas de poeta, embora, é claro, sua obra do gênero seja a mais volumosa e também o melhor que produziu. Mas, constantemente, pelo trabalho desenvolvido pelo grupo coordenado pelo pesquisador Jerónimo Pizarro descobrem-se coisas que não são da alçada do poeta, mas de um sujeito que experimentou todas as possibilidades de exercício da faculdade imaginativa. Exemplo é o anúncio agora da Casa Fernando Pessoa sobre a publicação de uma obra que trará a luz um homem metido com a arte do cinema.

A edição, introdução e tradução é de Patrício Ferrari e Cláudia J. Fischer; a tradução é porque grande parte desse material foi organizado pelo próprio Pessoa e está em língua inglesa com o rótulo de Film Arguments. Escreveu ainda roteiros em português e em francês. O título agora publicado preserva o nome dado pelo seu mentor, Argumentos para filmes.

Na edição seis roteiros incompletos, escritos ainda na época do cinema mudo; quatro roteiros da década de 19…