Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 23, 2010

Rachel de Queiroz

Imagem
Primeira mulher a ingressar na Academia Brasileira de Letras. O ano que finda marcou o centenário de nascimento da escritora nascida em Fortaleza (CE). Quando Rachel de Queiroz se estreia na literatura com o seu romance O quinze, em 1930, já a seca do sertão nordestino figurava enquanto elemento na ficção. O fato é Rachel não apenas ambienta a seca, mas faz dela tema e persona na sua obra. Além do que ela inaugura, como faz todo grande escritor, um estilo próprio. Dona de uma prosa árida, despojada, o avesso completo das possibilidades que se vinham sendo experimentadas nos territórios de escrita de sua época, Rachel de Queiroz está situada no início de um dos movimentos mais ricos de nossa literatura - o movimento regionalista.
Além romancista, Rachel foi cronista e dramaturga, sendo desta última profissão textos como Lampião (1953) e A beata Maria do Egito (1958). Depois de poemas esparsos publicados em livros diversos, recente descobre-se que também compôs livros do gênero muito …