Postagens

Mostrando postagens de Junho 22, 2009

Júlio Dinis, romances de transição

Imagem
Depois das novelas de amor passional de Camilo Castelo Branco eis que surge em território português uma série de romances em que os traços do sentimento amoroso eram outros. É o período ainda da estética romântica, mas que a crítica literária classifica como transitório para outras manifestações literárias. A terceira geração. Nos romances desta leva já havia a predominância de traços do Realismo, estética que viria mais tarde. Desta leva de romances, destaque-se a escrita de Júlio Dinis.

Júlio Dinis nasceu no Porto. O ano era o de 1839. Cursou Medicina e foi professor universitário na Escola Médico-Cirúrgica da cidade onde nasceu até quando descobriu que estava com tuberculose. Nessa época vai morar em Ovar, depois para a Ilha da Madeira até retornar ao Porto. Apesar de ter vivido pouco (Dinis morreu em 1871) deixou uma obra que palmilha diversos gêneros: do teatro à crítica literária, da poesia à prosa (conto e romance).

Seus romances apresentam o que a crítica chama de indícios d…