Postagens

Mostrando postagens de Abril 30, 2008

Dois volumes com a poesia de Florbela Espanca

Imagem
Referências sobre a vida de Florbela Espanca, acusam 1903, quando tinha só sete anos, a escrita de seu primeiro poema, "A vida e a morte". Desde o início é muito clara sua precocidade e preferência a temas mais escusos e melancólicos. O primeiro livro é organizado em 1916, quando Florbela reúne uma seleção de sua produção poética do ano anterior e o chama Trocando olhares; na coletânea, 88 poemas e três contos.

O caderno que deu origem ao projeto encontra-se na Biblioteca Nacional de Lisboa, contendo uma profusão de poemas, rabiscos e anotações que seriam mais tarde ponto de partida para duas antologias, onde os poemas já devidamente esclarecidos e emendados comporão o Livro de mágoas e o Livro de Soror Saudade. O primeiro sai em 1919 e apesar da poeta não ser tão famosa, a pequena tiragem esgota muito rapidamente; quatro anos depois, o segundo que havia sido planejado para se chamar Livro do nosso amor ou claustro de quimeras.

Em 1927, Florbela organiza os poemas que compo…